O hábito da mídia social que pode estar deixando você deprimido

A maneira como você interage com a mídia social pode prejudicar sua saúde mental na vida real, diz um novo estudo.

Quem não se viu navegando sem pensar pelo Facebook ou Instagram, perdido em um mar de fotos de noivado felizes, cachorrinhos adoráveis ​​e abdominais perfeitos no Instagram? Mas se você é do tipo que apenas olha e não "gosta", sua saúde mental pode estar em risco. Isso porque observar sem interagir nas redes sociais tem mais chances de diminuir sua autoestima e satisfação com a vida, de acordo com um novo estudo publicado no Journal of Telematics and Informatics. (BRB enquanto gostamos de todas as fotos em nosso feed.)

Sejamos realistas, existem muitos motivos para não gostar, marcar com coração ou adicionar como favorito uma postagem nas redes sociais. Talvez você não queira que a outra pessoa saiba que você está interessado nela. Talvez você esteja com vergonha de ainda estar obcecado com as fotos das férias deles de dois anos atrás. Talvez você siga principalmente celebridades e não queira ser uma 'groupie'. Ou talvez você realmente não goste do que eles estão postando, mas goste de ler o ódio. Seja qual for o motivo, pare com isso, dizem os pesquisadores. O chamado 'espreitar' nos perfis de mídia social de outras pessoas - especialmente se você está preso em suas selfies - mata sua autoestima, faz você se sentir infeliz com sua própria vida, aumenta a solidão e pode até mesmo deixá-lo deprimido. (Aliás, o filtro que você escolhe no Instagram também pode indicar depressão.)

Embora não esteja claro na pesquisa o que vem primeiro: as pessoas não estão se envolvendo com outras nas redes sociais porque estão sozinhas e deprimidas? ou a espreita está causando os sentimentos negativos? Muito provavelmente, ser um observador passivo leva a se sentir um estranho, o que leva a mais espreita, criando um círculo vicioso. Mas a razão para os sentimentos negativos é muito simples: "As pessoas geralmente postam selfies quando estão felizes ou se divertindo", disse o autor do estudo, Ruoxu Wang, em um comunicado à imprensa. "Isso torna mais fácil para outra pessoa olhar para essas fotos e pensar que sua vida não é tão boa quanto a dela."

Felizmente, a cura é tão simples: aperte o botão de curtir! Leva apenas um segundo e não só dará um impulso à pessoa que postou, mas também fará você se sentir mais conectado e envolvido com seus amigos. E não se esqueça de levar essa energia positiva offline também. Ter um grupo forte de amigos na vida real é uma das melhores coisas que você pode fazer pela sua saúde mental!

Comentários (2)

*Estes comentários foram gerados por este site.

  • mariana a bläser
    mariana a bläser

    Excelente custo benefício.

  • ângela gonzaga
    ângela gonzaga

    Melhor custo benefício em termos de preço

Deixe o seu comentário

Ótimo! Agradecemos você por dedicar parte do seu tempo para nos deixar um comentário.